Ajude o Haiti.

Campanha para ajuda emergencial às vítimas do Furacão Matthew

Campanha ajuda 45 famílias + escola Papillon Jaune em Les Cayes

Com ajuda de amigos, conseguimos enviar 900 dólares para ajudar as vítimas do furacão Matthew em Les Cayes, sul do Haiti. As doações foram enviadas diretamente nas mãos de Pe. Pierre, haitiano que mora há oito anos no Brasil e hoje se encontra na comunidade de Torbeck, em Les Cayes.

Segundo Pe. Pierre, a situação tem sido mais difícil do que o esperado. A vegetação mudou tão drasticamente que ele não conseguiu reconhecer o caminho para casa de sua família. Muitas casas foram destruídas e o que falta no momento é água potável e acesso à comida.

Uma das primeiras ações da campanha será doação de alimentos e água para reativação da escola Papillon Jaune. O custo da merenda anual por aluno é em torno de 100 dólares haitianos, cerca de R$25. Com os fundos arrecadados pelo blog, somando à doação recebida por Pe. Pierre pela comunidade de Joinville, a escola voltará a funcionar ainda essa semana. A nossa meta é garantir por um ano alimentação para as 560 crianças matriculadas. Saiba como ajudar.

Além da escola, 45 famílias receberam cesta básica na semana passada, e devem receber mais uma ajuda no fim do mês. Saiba como ajudar aqui.

Pe. Pierre entrega cestas básicas para familiares das crianças do coral da comunidade de Torbeck:

14691240_10211177424368449_2726161327119484489_o 14633698_10211177417248271_1175608346583007447_o 14589614_10211177413568179_6070624869893475129_o 14692130_10211177405407975_2116125392540626775_o

Deixe um comentário »

Campanha arrecada 900 dólares para ajuda emergencial às vítimas do Furacão Matthew

Foto enviada pela irmã de Pe. Pierre, Judith, da principal igreja da comunidade de Torbeck, a apenas uma quadra da casa de Maryanne Jentil

Foto enviada pela irmã de Pe. Pierre, Judith, da principal igreja da comunidade de Torbeck, a apenas uma quadra da casa de Maryanne Jentil

Em apenas quatro dias, a campanha “Ajude o Haiti” arrecadou 900 dólares, superando a meta em mais de 200%. O dinheiro foi enviado via Western Union para Pierre Jentil, haitiano que mora há oito anos no Brasil e hoje é vigário na Paróquia São Paulo Apóstolo em Joinville. Pe. Pierre estava com passagem marcada para visitar a família em Les Cayes quando soube do furacão que devastou sua própria comunidade.

Pe. Pierre vai utilizar os fundos para comprar alimentos e água em Porto Príncipe — onde se encontra no momento (acompanhe as atualizações abaixo) — e levar para comunidade de Torbeck, em Les Cayes, sul do Haiti. A casa de sua mãe Maryanne, uma das únicas a ficar de pé depois da tragédia, virou abrigo de vizinhos refugiados.

Agradecemos a cada doador e a cada pessoa que compartilhou o nosso blog. Agradecemos especiais ao Banco do Brasil pela assistência sempre rápida para envios feitos online, e à Western Union americana que abateu as taxas de envio. Pe. Pierre agradece à comunidade da Paróquia São Paulo Apóstolo pelo apoio e doações recebidas antes de embarcar para o Haiti.

Muito obrigada! Acompanhe as doações e envios na seção “Prestação de contas” e continue divulgando a campanha. Nós estamos apenas começando….

Últimas atualizações

13 de Outubro
  • Pe. Pierre chega à comunidade de Torbeck em Les Cayes e começa avaliar a situação para ver qual a melhor maneira de ajudar. Veja abaixo imagens da casa da mãe de Pe. Pierre.whatsapp-image-2016-10-13-at-08-18-52 whatsapp-image-2016-10-13-at-12-37-31 whatsapp-image-2016-10-13-at-14-27-53
12 de Outubro
  • Pierre Jentil chega a Porto Príncipe e se prepara para ir a Les Cayes
11 de Outubro
  • Primeiro Envio via Western Union para Pierre Jentil
    • US$300 de doações feitas por PayPal
    • US$600 de doações feitas pelo Banco do Brasil
10 de Outubro
  • Primeira etapa da campanha arrecada 900 dólares para compra de alimentos e água e para as vítimas do Furacão Matthew em Les Cayes
8 de Outubro
  • Campanha “Adote uma criança, Ajude o Haiti” é reativada para ajudar as vítimas do furacão Matthew
Deixe um comentário »

How to help Matthew Hurricane’s victims from Les Cayes

*Updated on October 21, 2016

One of the main locations affected by Hurricane Matthew, by sad coincidence, was the city of Les Cayes — our home for two months in 2009 when we were filming the documentary Bleu et Rouge. The city in Southern Haiti is where Maryanne Jentil lives, Pierre Jentil’s mother, a Haitian vicar who lives in Brazil for eight years.

Maryanne welcomed me, my sister Fernanda (producer) and my friend Maurice (cinematographer) while we were working in the film. Every day Torbeck children would come to our place to learn photography and film, and collaborate in the production. The workshops took place in a large space next to Maryanne’s house.

The Hurricane Matthew devastated Les Cayes. One of the only houses left standing is Maryanne’s. The space of the workshops became a place of refuge for the community. Without electricity, and with the collapsing of the bridge that connects the city center with the southern communities, food is becoming scarce.

How to help

We raised so far $900 that was used to reactivate the school Papillon Jaune, in downtown Les Cayes, that takes care of 560 kids. The funds will be use to offer them lunch for the next month. The money also helped 45 families to receive a basket with food and water.

Now we are hoping to raise another $900 to extend the help to Papillon Jaune school. The money is sent directly to Pierre, who is in Haiti since October 12th.

How it works

You can send us by PayPal (sakaejuliana@gmail.com) and I’ll transfer via Western Union to Haiti. We post all the receipts in the “Accountability” section of the blog (in Portuguese).

Q&A

You can write me an email (jusakae@gmail.com), add me on Whats App (+1 818-643-9141) or Facebook (/ jusakae). I usually answer immediately.

Other ways to help Haiti

If you prefer to help an organization, here’s the list of NGOs that are organizing campaigns for the victims of Hurricane Matthew.

 

Pictures sent by Pierre Jentil this week

  1. Photos #1-4: Pierre Jentil delivers food baskets for 45 families from the Torbeck community, Les Cayes
  2. Photos #5-7: Maryanne’s backyard after Hurricane Matthew
  3. Photo #8: Community church destroyed by the Hurricane Matthew, one block away from Maryanne’s house.

14692130_10211177405407975_2116125392540626775_o14589614_10211177413568179_6070624869893475129_o14633698_10211177417248271_1175608346583007447_o14691240_10211177424368449_2726161327119484489_owhatsapp-image-2016-10-13-at-14-27-53whatsapp-image-2016-10-13-at-12-37-31whatsapp-image-2016-10-13-at-08-18-52

whatsapp-image-2016-10-10-at-9-48-22-am

Foto enviada pela irmã de Pe. Pierre, Judith, da principal igreja da comunidade de Torbeck, a apenas uma quadra da casa de Maryanne Jentil

Deixe um comentário »

Ajude as vítimas do furacão Matthew

Um dos principais locais atingidos pelo furacão Matthew, por triste coincidência, foi a cidade de Les Cayes — que nos abrigou por dois meses em 2009 quando fomos filmar a cultura local para o documentário Bleu et Rouge. A cidade fica ao sul do Haiti e é onde mora Maryanne Jentil, mãe de Pierre Jentil, haitiano que mora no Brasil há oito anos e hoje é vigário na Paróquia São Paulo Apóstolo em Joinville.

Maryanne acolheu eu, minha irmã Fernanda (produtora) e meu amigo Maurício (cinegrafista) enquanto trabalhávamos na produção do filme. Todos os dias crianças da comunidade de Torbeck vinham à casa para aprender fotografia e cinema, e colaborar na produção. As oficinas aconteciam num espaço amplo ao lado da casa de Maryanne.

O furacão Matthew devastou a comunidade de Torbeck, em Les Cayes. As poucas notícias que temos de lá são tristes. Uma das únicas casas que restam de pé é de Maryanne. O espaço das oficinas virou local de refúgio para comunidade. Sem eletricidade, e com a queda da ponte que liga o centro da cidade com as comunidades do sul do país, a alimentação está se tornando escassa.

Como ajudar

Queremos arrecadar de $300 a $400 dólares para ajuda emergencial: compra de alimentos para comunidade de Torbeck. O dinheiro será enviado para Pierre, que viaja para o Haiti na segunda-feira, e deve chegar a Les Cayes na segunda quinzena de outubro se a situação das rodovias se normalizar.

Como funciona

Você deposita na conta da nossa campanha (Banco do Brasil, Ag 1386-2 / CC 7399-7 / CPF 046.367.179-10), e eu transfiro via Western Union para o Haiti. Para doações feitas dos EUA, você pode enviar por PayPal (sakaejuliana@gmail.com). Nós postamos todos os comprovantes de transferência e depósito na seção “Prestação de contas” do blog.

Dúvidas e contato

Você pode me escrever um e-mail (jusakae@gmail.com), me adicionar no Whats App (+1 818-643-9141) ou no Facebook (/jusakae). Eu costumo responder na mesma hora.

Quem somos

Se você não nos conhece, leia o blog https://ajudeohaiti.wordpress.com/ ou a página do nosso outro projeto Coin de la Joie.

Outras maneiras de ajudar o Haiti

Se você prefere ajudar uma organização, veja aqui a lista de ongs que estão organizando campanhas para as vítimas do furacão Matthew.

Deixe um comentário »

Campanha finaliza com total de R$ 12.735,11 enviados ao Haiti para educação de crianças

Untitled-2VINTE E CINCO crianças na escola durante 1 ano. Esse é o resultado desta campanha feita toda via redes sociais, “Adote uma criança, Ajude o Haiti”. Durante 12 meses, 28 padrinhos brasileiros “adotaram” pequenos haitianos para garantir que cada um deles fosse à escola diariamente.

Do lado de cá da campanha, conto como fizemos a ideia acontecer. De São Paulo, Lucas Sampaio ajudava a promover a campanha conquistando novos padrinhos para nossa lista de espera. Dos Estados Unidos, eu abastecia o blog e organizava o dinheiro que chegava para conta do Banco do Brasil, e (tudo online) enviava via Western Union a Pierre Jentil, que está em Torbeck, sul do Haiti,  de onde grande parte das crianças são. Cada doação era utilizada de forma diferente e especial. Pierre ficou à frente de toda a assistência in loco: visitava as famílias e as escolas, conversava com as crianças, e aos poucos foi entendendo da realidade de cada uma. Pierre sabe o que cada criança precisa para que os pais cumpram o compromisso de deixá-las nas escola.

O dinheiro foi transformado em transporte escolar, merenda, taxas escolares, às vezes uniforme, outras vezes sapato, raras vezes medicamentos. Diferente da primeira etapa, em que enviávamos dinheiro para as famílias que sofreram grandes prejuízos com o terremoto, desta vez, ao perceber que já não era necessária ajuda emergencial, focamos no futuro.

A campanha deve voltar no segundo semestre de 2013, quando recomeça o ano letivo 2013-2014. Até lá, temos ainda muito a fazer, como postar aqui as notícias de cada criança e finalizar o relatório da segunda etapa. Estamos também estudando como melhorar a campanha, e abertos a sugestões.

Até breve!

Juliana Sakae, Pierre Jentil e Lucas Sampaio

Confira todos os envios realizados:

———————————————————————————————————————

Haiti 9(06.06.2013)
#9 Nono envio para o Haiti via Western Union – US$ 650

Valor referente a ajuda de 2 meses (MAIO e JUNHO) a [13] Ludnie Thelusma, [14] Youké Fortune, [15] Rose Pharana Duperval, [16] Barlindge Barthold, [17] Neissa, [18] Venant Ricky, [19] Nicolas Perkens, [20] Lucien, [21] Cleone Christelle, [22] Nicola Theina, [23] Pierre Jarile, [24] Mabruna Charles, [25] Melissa Cherie

Total do valor em reais: R$ 1.397,08

———————————————————————————————————————

Haiti envio 8(09.05.2013)
#8 Oitavo envio para o Haiti via Western Union – US$ 600

Valor referente a ajuda de 2 meses (MAIO e JUNHO) a [1] Daniel Jentil, [2] Gabriel Kervens, [3] Dorelien Dowenia, [4] Suzanne Beautinois, [5] Jean Roldy, [6] Sebastian, [7] Kimberlie, [8] Jehu Saint Marc, [9] Suzette Beautinois, [10] Nicot Saint Paul, [11] Rood Kenley, [12] Evenson Coulange

Total do valor em reais: R$ 1.214,68

———————————————————————————————————————

Western Union 7(07.02.2013)
#7 Sétimo envio para o Haiti via Western Union – US$ 500

Valor referente a ajuda de 2 meses (MARÇO e ABRIL) a [16 ] Berlindgie Barthold, [17] Neissa, [18] Venant Ricky, [19] Nicolas Perkens, [20] Lucien, [21] Cleone Christelle, [22] Nicola Theina, [23] Pierre Jarile, [24] Mabruna Charles e [25] Melissa Cherie.

Total do valor em reais: R$ 996,89

———————————————————————————————————————

Western Union 6(06.02.2013)
#6 Sexto envio para o Haiti via Western Union – US$ 800

Valor referente a ajuda de 2 meses (MARÇO e ABRIL) a [15] Duperval Rose Pharana, [14] Evenson Coulange, [13] Rood Kenley C. H., [12] Nicot Saint Paul, [11] Suzette Beautinois, [10] Youky Fortuné, [9] Jehu, [8] Kinderlie Frederique, [7] Sebastian Torbeck, [6] Jean Roldy Rosier, [5] Suzanne Beautinous, [4] Dorelien Dowenia, [3] Ludnie Thelusma, [2] Gabriel Kerven, [1] Daniel Eliassaint Ferthon; ajuda de custo de campanha/transporte (US$50).

Total do valor em reais: R$ 1,608.98

———————————————————————————————————————

Western Union 5(24.12.2012)
#5 Quinto envio para o Haiti via Western Union – US$ 610

Valor referente a ajuda de 4 meses (SETEMBRO A DEZEMBRO) a Nicolas Perkens e Lucien Pierre Etchyoph; ajuda de 2 meses (NOVEMBRO E DEZEMBRO) a Cleone Christelle e Nicola Theina; ajuda de custo de campanha/transporte (US$50); presentes de Natal a 20 crianças (US$ 200) e ajuda de custo para consulta médica de Sebastian (US$ 60). 

Total do valor em reais: R$ 1,282,68

———————————————————————————————————————

4 Envio Western Union(11.12.2012)
#4 Quarto envio para o Haiti via Western Union – US$ 1,000

Valor referente a ajuda de 2 meses (NOVEMBRO E DEZEMBRO) para 16 crianças (Daniel Jentil, Gabriel Kervens, Ludnie Thelusma, Dorelien Dowenia , Suzette Beautinois, Jean Rosier, Sebastian, Kimberlie Frederique, Youké Fortune, Nicot Saint Paul, Suzanne Beautinois, Rood Kenley, Evenson Coulange, Duperval Rose, Neissa Romelus , Venant Ricky) e de 4 meses (SETEMBRO A DEZEMBRO) para 2 crianças (Berlindgie Barthold e Jehu Saint Paul)
Total do valor em reais: R$ 2,098.18

———————————————————————————————————————

(25.10.2012)
#3 Terceiro envio para o Haiti via Western Union – US$ 850

Valor referente a ajuda de 2 meses (NOVEMBRO e DEZEMBRO) para 16 crianças + US$ 50 ajuda de custo para logística de distribuição
Total do valor em reais: R$1,838,84

———————————————————————————————————————

(15.10.2012)
#2 Segundo envio para o Haiti via Western Union – US$ 200

Valor referente a ajuda de 2 meses (SETEMBRO e OUTUBRO) para 4 crianças (Jehu Saint Marc, Berlindgie Barthold, Lucien Pierre Etchyop e Nicolas Perkens)
Total do valor em reais: R$455,69

———————————————————————————————————————

(27.08.2012)
#1 Primeiro envio para o Haiti via Western Union – US$ 850

Valor referente a ajuda de 2 meses (SETEMBRO e OUTUBRO) para 16 crianças + US$ 50 apoio logístico da campanha no Haiti
Total do valor em reais: R$1.842,09

Deixe um comentário »

Campanha começa últimos envios do ano letivo ao Haiti

A campanha “Adote” uma criança, Ajude o Haiti envia esta semana a 20 crianças o referente à 9ª e 10ª doação, os últimos meses do ano letivo 2012-2013. O envio é feito via Western Union no valor de US$ 50 por criança.

Cada família recebe a cada dois meses ajuda para transporte, merenda, uniforme ou taxas escolares no valor-teto de US$ 50 (ou US$ 25 mensais).

(09.05.2013) #8 Oitavo envio para o Haiti via Western Union – US$ 600

Valor referente a ajuda de 2 meses (MAIO e JUNHO)  a [1] Daniel Jentil, [2] Gabriel Kervens, [3] Dorelien Dowenia, [4] Suzanne Beautinois, [5] Jean Roldy, [6] Sebastian, [7] Kimberlie, [8] Jehu Saint Marc, [9] Suzette Beautinois, [10] Nicot Saint Paul, [11] Rood Kenley, [12] Evenson Coulange,

(06.06.2013) #9 Sétimo envio para o Haiti via Western Union – US$ 650

Valor referente a ajuda de 2 meses (MAIO e JUNHO) a [13] Ludnie Thelusma, [14] Youké Fortune, [15] Rose Pharana Duperval, [16] Barlindge Barthold, [17] Neissa, [18] Venant Ricky, [19] Nicolas Perkens, [20] Lucien, [21] Cleone Christelle, [22] Nicola Theina, [23] Pierre Jarile, [24] Mabruna Charles, [25] Melissa Cherie

Confira a prestação de contas atualizada

Deixe um comentário »

É carnaval também no Haiti

Antes de começar o segundo semestre letivo, crianças e adultos se fantasiam para comemorar o carnaval. O co-coordenador da campanha Pierre Jentil, que mora atualmente na comunidade de Torbeck (Les Cayes, sul de Porto Príncipe), encontrou alguns de nossos afilhados participando da festa organizada pela escola Papillon Jeune.

Imagem 051

Entre as crianças, flagramos as fofas gêmeas Suzanne e Suzette Beautinois (foto), afilhadas das irmãs Laura e Cláudia. Segundo Pierre, elas estavam super felizes!

A data marca também o recebimento da penúltima parcela enviada a 23 crianças haitianas neste ano letivo 2012-2013. Cada ajuda enviada pelos padrinhos brasileiros foi entregue à escola ou à família do afilhado na última semana.

Segundo Pierre, todas as famílias “ficaram muito felizes e agradeceram imensamente o apoio”. O pai de Jarille ficou bastante emocionado quando soube que Lucas irá ajudá-lo na educação do menino. A mãe a o pai de Mabruna agradecem à madrinha Tatiane pela colaboração; eles disseram estar agora menos preocupados com a educação da garota. Os pais de Gabriel Kervens agradecem às madrinhas Andressa e Aline pela ajuda: o dinheiro ajudará a comprar roupa e sapato para escola, pois até então o garoto não possuía. A mãe de Youki agradece imensamente à madrinha Letícia: o valor está sendo destinado à compra de merenda e pagamento da escola.

De um modo geral, segundo Pierre, todo mundo ficou imensamente feliz: “Durante essa semana farei um encontro com as famílias que moram na comunidade de Torbeck para ouvir e compreender um pouco mais a situação de cada criança”.

1 Comentário »

Campanha envia 6ª e 7ª doação ao Haiti

A campanha “Adote” uma criança, Ajude o Haiti enviou na última quinta-feira ajuda de custo para manutenção de 25 crianças em escolas haitianas. O envio foi feito via Western Union em duas vezes nos valores de US$ 500 e US$ 800.

Cada família recebe a cada dois meses ajuda para transporte, merenda, uniforme ou taxas escolares no valor-teto de US$ 50 (ou US$ 25 mensais).

(06.02.2013) #6 Sexto envio para o Haiti via Western Union – US$ 800

Valor referente a ajuda de 2 meses (MARÇO e ABRIL) a [15] Duperval Rose Pharana, [14] Evenson Coulange, [13] Rood Kenley C. H., [12] Nicot Saint Paul, [11] Suzette Beautinois, [10] Youky Fortuné, [9] Jehu, [8] Kinderlie Frederique, [7] Sebastian Torbeck, [6] Jean Roldy Rosier, [5] Suzanne Beautinous, [4] Dorelien Dowenia, [3] Ludnie Thelusma, [2] Gabriel Kerven, [1] Daniel Eliassaint Ferthon; ajuda de custo de campanha/transporte (US$50).

(07.02.2013) #7 Sétimo envio para o Haiti via Western Union – US$ 500

Valor referente a ajuda de 2 meses (MARÇO e ABRIL) a [16 ] Berlindgie Barthold, [17] Neissa, [18] Venant Ricky, [19] Nicolas Perkens, [20] Lucien, [21] Cleone Christelle, [22] Nicola Theina, [23] Pierre Jarile, [24] Mabruna Charles e [25] Melissa Cherie.

Confira a prestação de contas atualizada

Deixe um comentário »

Com apoio da ONU, Haiti avança na reconstrução após três anos do terremoto

Fonte: UNIC Rio de Janeiro / ONU

Neste 12 de janeiro, faz três anos que o Haiti foi atingido por um terremoto que matou mais de 200 mil pessoas – a maior catástrofe natural já registrada nas Américas. Para lembrar a data, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) produziu este vídeo sobre a atuação da ONU no país e os avanços alcançados desde 2010.

Cento e dois funcionários da ONU morreram no terremoto, a maioria deles integrantes da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH), que atua no país desde 2004. Vinte das vítimas foram brasileiras – entre eles, o Vice-Representante Especial do Secretário-Geral da ONU, Luiz Carlos da Costa.

A ONU não tem poupado esforços para apoiar o povo e o Governo e a população do Haiti na reconstrução do país.

Centenas de quilômetros de ruas e estradas foram pavimentados; 80% dos escombros do terremoto foram recolhidos; pessoas com deficiência são atendidas em centros de reabilitação; mais de 470 mil empregos temporários foram gerados, 40% para mulheres; o número de pessoas vivendo em acampamentos provisórios baixou de 1,5 milhão para 358 mil; mais de 1 milhão de crianças têm agora acesso à educação gratuita.

Após o terremoto, o Haiti também sofreu com outros desastres naturais e com uma epidemia de cólera que matou quase 8 mil pessoas. Houve progressos, mas ainda há muito a ser feito para alcançar a paz e a estabilidade.

Veja mais imagens da Missão em: http://on.fb.me/ZN7sjO

Deixe um comentário »

120 crianças participam da confraternização de Natal no Haiti

Uma simples ideia transformou o Natal de crianças haitianas de Torbeck, comunidade ao sul do país. Em novembro, em uma troca de e-mails, Lucas Sampaio (jornalista que participa da organização da campanha) teve a ideia de arrecadar dinheiro para comprar presentes para os afilhados. Era hora de esquecer um pouco das obrigações na escola e ganhar brinquedos. Junto com as notícias mensais, incluímos a opção de ajudar nesta minicampanha paralela. Na véspera, dia 24, conseguimos o montante esperado: US$ 10 para cada uma das 20 crianças adotadas pelo blog.

O envio foi feito via Western Union en nome de Pierre Jentil, coordenador da campanha que está temporariamente no Haiti, ainda na véspera de Natal. Em quatro dias, junto com sua família — padre Daniel (seu tio), irmãos e mãe — e amigos, Pierre organizou uma confraternização na sua rua. A pequena festa começaria com uma missa organizada pelo tio e seguiria com atividades no jardim de sua casa. Todas as famílias das crianças “adotadas” pelo blog foram convidadas.

No dia 28 de dezembro, uma grande surpresa  para a gente: 120 crianças apareceram para participar das atividades. Nossa felicidade só não foi maior por causa da quantidade de presentes, pequena em relação ao número de crianças. Mesmo assim, ficamos muito contentes em ter feito nossos afilhados mais felizes no Natal. Muito obrigada a todos que participam!

Juliana, Pierre e Lucas

Galeria de fotos da festa de Natal

Deixe um comentário »